SERVIDOR PÚBLICO QUER E AJUDA GOVERNO SÉRIO E TRANSPARENTE, AFIRMA JOÃO ARRUDA

arruda entre

SERVIDOR PÚBLICO QUER E AJUDA GOVERNO SÉRIO E TRANSPARENTE, AFIRMA JOÃO ARRUDA

 

O servidor público quer e contribui quando existe um governo sério e transparente. A afirmação é de João Arruda, candidato a governador do MDB, antes de iniciar o debate promovido pelo Coletivo de Sindicatos no auditório da Universidade de Londrina (UEL). O evento, que acontece na manhã desta quarta-feira (05), reunindo os candidatos ao Governo no pleito de 7 de outubro.

 

“Quero dar transparência no orçamento para que eles (servidores) tenham conhecimento e compreensão também das dificuldades e limitações”, disse João Arruda. Que ressaltou: “O que não pode é um governador de estado investir em cargos de confiança e não abrir o orçamento exatamente por que trata com desrespeito o servidor, mas privilegia o judiciário”.

 

“Precisamos dar transparência a este processo para que eles compreendam nossa dificuldades e sabendo que quando tivermos possibilidade investir, faremos as contratações necessárias”, completou João Arruda, sobre a questão envolvendo a contratação de novos servidores.

 

De acordo com ele, é preciso estabelecer um plano de contratações a médio e longo prazo, “a curto prazo, não vamos conseguir fazer”, disse. O candidato adiantou que quer demonstrar isto no papel, estudar as possibilidades diante da melhora da arrecadação. “Com a melhora nós podemos estabelecer metas de um número menor para que isto aumente ao longos dos anos”.

 

Ao ser questionado sobre o apoio as universidades estaduais, João Arruda disse que é importante o governo não dar apenas apoio, mas tratá-las como parcerias do chefe do Executivo. “Isto não aconteceu nos últimos anos, diante da falta de compromisso do Beto Richa e dos seus candidatos, o secretário Ratinho Junior e a vice Cida Borghetti”.

 

Foto: Eduardo Matysiak