GOVERNO DEVE EXPLICAÇÕES À POPULAÇÃO, DIZ ANIBELLI SOBRE IRREGULARIDADES NO PEDÁGIO DO PARANÁ

anibeli 26 02 18

 

GOVERNO DEVE EXPLICAÇÕES À POPULAÇÃO, DIZ ANIBELLI SOBRE IRREGULARIDADES NO PEDÁGIO DO PARANÁ – ### –

 

O deputado Anibelli Neto (MDB), líder da oposição na Assembleia Legislativa, apresentou nesta segunda-feira (26) dois requerimentos de pedido de informações ao governo estadual sobre os pedágios no Paraná. As solicitações foram feitas quatro dias após a Polícia Federal deflagrar a Operação Integração, que apura o pagamento de propina para agentes públicos em troca da aprovação de aditivos que resultaram no aumento da tarifa de pedágio no Estado.

Nos requerimentos, o parlamentar pede que o governo disponibilize cópia do ato administrativo instaurado pelo Poder Executivo para apurar o caso e também se houve a exoneração dos servidores públicos envolvidos no escândalo. Em outro pedido, o líder oposicionista questiona quantas ações judiciais que envolvem as concessionárias e o Estado tramitam atualmente e quantas ações foram suspensas a pedido do Poder Executivo desde 2011.

“O governo deve explicações para a população. Por isso estamos solicitando cópia do ato administrativo instaurado pelo Poder Executivo e também questionando se houve a exoneração dos servidores públicos envolvidos”, explicou.
Anibelli Neto disse também que defende a imediata suspensão dos reajustes tarifários aplicados pelas concessionárias.
“Em nossa atuação na Frente Parlamentar Contra a Prorrogação do Pedágio, sempre questionamos estes aumentos abusivo. É preciso suspender imediatamente os reajustes estratosféricos aplicados pelas pedageiras nas tarifas. Estes aumentos estrangulam a economia paranaense e prejudicam duramente a população”, disse.
Além de Anibelli Neto, assinam os requerimentos os deputados Ademir Bier, Nereu Moura e Requião Filho, do MDB, e Péricles de Melo, Professor Lemos e Tadeu Veneri, PT.