CRIAÇÃO DE CPI DA “QUADRO NEGRO” TAMBÉM ESBARRA NA FALTA DE ASSINATURAS

CPI QUADRO NEGROx

A oposição já se movimenta para tentar aprovar a criação de uma CPI para averiguar denúncias feitas durante a Operação Quadro Negro, que apura o desvio de quase R$ 20 milhões que seriam destinados a obras de escolas públicas no Paraná na gestão Beto Richa (PSDB). Ainda faltam 5 das 18 assinaturas necessárias. Veja no quadro que já assinou o pedido:

 CPI QUADRO NEGRO

O caso

Durante as investigações do Ministério Público, os nomes do governador Beto Richa, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), e do primeiro-secretário da Casa, deputado Plauto Miró (DEM), foram citados por testemunhas. Todos são suspeitos de terem usado as verbas desviadas para abastecer os caixas de campanha.

Após o governador Beto Richa ser citado nas investigações da Operação Publicano, também conduzida pelo Ministério Público, um inquérito para investigar o caso foi aberto no Superior Tribunal de Justiça (STJ), a pedido da Procuradoria-Geral da República.