DEPUTADO NEREU MOURA PREOCUPADO COM ALTO ÍNDICE DE ACIDENTES COM MOTOCICLISTAS

acidente motos0905-11

O deputado Nereu Moura está preocupado com o alto índice de acidentes envolvendo motociclistas no Paraná. O parlamentar é autor da lei 18.632/2015, que institui a data de 27 de julho como o Dia Estadual do Motociclista.

 

O líder do PMDB na Assembleia Legislativa lembra que todos os anos, aproximadamente 500 motociclistas morrem e 20 mil são feridos nestas ocorrências, de acordo com estimativa do Departamento de Trânsito do Estado (Detran).

 

“A chance de um motociclista morrer em uma colisão é 20% maior daquelas envolvendo veículos, segundo a Associação Brasileira de Prevenção dos Acidentes de Trânsito”, reforça Nereu Moura. Esse número sobe para 60 vezes se a pessoa não estiver usando o capacete.

 

A cada hora, no Paraná, são registrados em média três acidentes de trânsito envolvendo motos, de acordo com o Detran. Em todo o Brasil, os motociclistas são considerados grupo de risco e de acordo com a Seguradora Líder, responsável pelo Seguro DPVAT, 76% das indenizações pagas por morte e invalidez permanente causadas por acidentes de trânsito, de janeiro a setembro de 2015, foram para motociclistas.

 

Nereu Moura lamentou a estatística que registra que as vítimas são em sua maioria jovens, entre 18 e 34 anos, em idade economicamente ativa. No período analisado, 53% dos acidentes foram fatais e em 56% o motociclista teve sequelas permanentes.

 

Para o deputado, entre muitas causas, a imprudência e a falta de uso do capacete, se destacam. A legislação de trânsito serve, antes de tudo, para a própria segurança do condutor. O capacete diminui consideravelmente o risco de traumas graves e o uso é essencial, no campo ou na cidade, para viagens na estrada e para pequenos trajetos, disse.

 

Maio Amarelo

Nereu Moura também é autor de um projeto de lei que institui o Maio Amarelo, período destinado a campanhas de atenção pela vida dedicado à ações de mobilização, prevenção e conscientização para redução de acidentes e um trânsito seguro, passará a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Paraná.  Segundo o deputado, a proposta é inspirada no movimento internacional que surgiu para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito de todo o mundo.

 

“Buscamos com esta iniciativa motivar a mobilização e conscientização para a redução de acidentes e para um trânsito seguro em qualquer situação”, disse. Na avaliação do parlamentar, o Maio Amarelo coloca o tema trânsito na pauta e estimula a participação da população, empresas, governos e entidades para fazer esta reflexão. A proposta foi anexada à outra anterior e convertida em lei estadual.

 

Dia do Motociclista

A data de 27 de julho, Dia do Motociclista, foi instituída em memória da inauguração da fábrica da Yamaha do Brasil, responsável pela produção da Yamaha RD 50, a primeira do país, em 10 de outubro de 1964.

 

Outra vertente explica essa data festiva como sendo uma homenagem do então proprietário da concessionária Honda de Sorocaba (SP), Rogério Gonçalves, para marcar a data da morte do mecânico de motos e motociclista brasileiro, Marcus Bernardi, falecido em 27 de julho de 1974.

 

O termo “motociclista” é utilizado para designar aqueles que percorrem as estradas sobre duas rodas. Para muitos, mais do que um meio de transporte, o veículo é uma paixão que exige muita responsabilidade do condutor.