REQUIÃO DEFENDE FRENTE NA DEFESA DO BRASIL E DA DEMOCRACIA

frente 222

O senador Roberto Requião participou nesta sexta-feira (28), em Curitiba, do lançamento da “Frente Nacional Popular e Democrática”, que tem como objetivo defender a democracia, o governo Dilma e contra a política econômica do ajuste fiscal. Também foi aprovada a carta de Curitiba que explicita as principais diretrizes da frente.

“É preciso resistir. É preciso mobilizar o povo. É preciso enfrentar o avanço conservador e isso só será possível com muita luta”, disse Requião aos presentes ao evento. O evento contou com as presenças do cientista político Roberto Amaral, ex-presidente nacional do PSB, da diretora da APP Marlei Fernandes, do deputado estadual Péricles Melo, do representante da CTB Zenir Teixeira, do Adalberto Lopes do PC do B (SP) e do padre Alexander Lopes.

Senador disse que o que acontece no Congresso Nacional com as pautas conservadoras é retrocesso. “Estamos vendo a direita governando o Brasil. O governo Dilma precisa retomar os compromissos que a elegeram e governar para o povo. ” Segundo ele, quem está governando o Brasil são os bancos. “O domínio do dinheiro, do lucro não pode ser permitido sem resistência. Temos que fazer como o Papa Francisco e lutar contra a hegemonia do capital. ”

VEJA O VÍDEO DO EVENTO

frente

frente1

frente2